• Gustavo

4 aspectos importantíssimos para aplicar um feedback coerente

Esse post foi escrito em conjunto com a Luiza, diretora comercial da Delfos, empresa júnior de psicologia. Caso tenha qualquer dúvida, sinta-se livre para entrar em contato com a Luiza, ou qualquer membro da EJ!


Feedback é uma palavra extremamente comum e importante no dia a dia - tanto de trabalho quanto pessoal. Você sabe exatamente como dar um bom feedback?


Neste post, trouxemos a comunicação não violenta (CNV) para ajudar nesse processo. Confira abaixo:


Observação


É necessário observar de forma clara o que está acontecendo, utilizando os nossos sentidos (aquilo que vemos, ouvimos ou tocamos).


Como exemplo: você faltou à reunião de trabalho. Nesse caso, você está se referindo exatamente ao que não aconteceu de acordo com o esperado - baseado na sua visão, e não na de terceiros. É importante ressaltar que o ato de feedback deve ser individual - sendo liderança de uma empresa júnior, não é sua responsabilidade levar e trazer feedback para os outros membros da equipe.


Nesse momento inicial, é essencial cuidar com as palavras utilizadas - aquelas que dão a ideia de generalização podem tornar o feedback avaliativo, e consequentemente não obter sucesso. Você sempre falta às reuniões de trabalho - nesse caso, ocorre uma generalização, como se a pessoa envolvida não participasse de nenhuma reunião - trazendo uma observação não assertiva do acontecimento.


Sentimentos


Na hora de fornecer um feedback, é indicado criar um espaço de vulnerabilidade. Apesar de estar em um ambiente corporativo, são pessoas que estão ali envolvidas, as quais possuem sentimentos e necessidades específicas. Dessa forma, um ambiente de vulnerabilidade traz uma união maior do time.


É importante utilizar palavras que se referem a emoções específicas em vez de palavras vagas ou genéricas. Me sinto bem trabalhando nesse projeto - A palavra “bem” pode significar alegre, excitado, aliviado, ou várias outras emoções. Em um ambiente coletivo, estão presentes pessoas diferentes, nas quais possuem interpretações diferentes a respeito das palavras e acontecimentos - com isso, é necessário trazer uma linguagem clara e específica, tornando aquilo que é implícito para você explícito para o coletivo.


O que os outros fazem pode ser o estímulo para nossos sentimentos, mas não a

causa.


Necessidade


Qual necessidade não foi suprida para eu me sentir assim?


As pessoas compartilham necessidades básicas dentro do ambiente de trabalho, como exemplo: ter autonomia, celebração pelas conquistas e integridade com a equipe. Além disso, cada um possui suas demandas específicas - é necessário torná-las explícitas. Quanto mais formos capazes de relacionar nossos sentimentos às nossas necessidades, mais fácil será para os outros reagirem de forma positiva a que precisamos.


Pedido


O que eu preciso que aconteça a partir disso?


Esse componente enfoca o que estamos querendo que a outra pessoa faça a partir da situação ocorrida anteriormente. O pedido dentro do feedback funciona como uma forma de aprimoramento - tanto de quem está dando quanto quem está recebendo o feedback. Dessa forma, a equipe é capaz de trabalhar junto nos seus pontos de melhoria, chegando em um objetivo esperado.


Você faltou à reunião de trabalho (observação), isso me trouxe o sentimento de angústia no momento (sentimentos). Precisava que você estivesse presente naquele momento (necessidade), da próxima vez, você poderia avisar com antecedência caso tiver algum imprevisto? (pedido)


Importante ressaltar que comunicar nossos desejos como exigências é outra forma de linguagem que bloqueia a união entre as partes envolvidas. Não conseguimos forçar as pessoas a fazer nada.


E você? Como realiza feedbacks dentro da sua organização? Conta pra gente!


Instagram e LinkedIn da Delfos: @delfosjr LinkedIn da Luiza: https://www.linkedin.com/in/luiza-cabral/





19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Customer Success: sua empresa tem foco no cliente?

Um dos maiores erros cometidos na hora de lidar com o cliente é vender apenas por vender, deixando de lado a experiência do cliente. O Customer Success é uma estratégia que visa manter os clientes por